Convite


Aguarde carregando vídeos do Facebook......


O Evento

Fórum Campinas Pela Paz recebe neto de Gandhi e Lázaro Ramos


A Prefeitura de Campinas promove, nos dias 24 e 25 de fevereiro, o Fórum Campinas Pela Paz. O evento reúne diversos debates e uma caminhada no Taquaral.

Entre os convidados que já confirmaram presença estão o escritor e ator Lázaro Ramos e o ativista da paz Arun Manilal Gandhi, neto de Mahatma Gandhi, fundador e patrono do Gandhi Institute For Nonviolence (Instituto Gandhi para a Não-Violência).

Ele chegará ao Brasil poucas semanas após o lançamento de seu livro: “A virtude da raiva”, com histórias inéditas do avô e suas poderosas lições espirituais. Arun Gandhi nasceu em 1934 e é o quinto neto de Mahatma Gandhi. Ele foi jornalista do Times of India por mais de trinta anos e também escreveu para The Washington Post. É autor de Legacy of Love (“Legado do amor), Grandfather Gandhi (“Vovô Gandhi”), entre outros.

Atualmente, Arun é presidente do Gandhi Worldwide Education Institute e viaja ao redor do mundo difundindo sua mensagem de paz e não-violência. Ele mora em Rochester, Nova York.

No dia 24, o fórum será na Estação Cultura, com mesas redondas sobre temas pertinentes à proposta de cultura de paz.

No domingo, dia 25, o evento termina com a realização da 2ª Caminhada Municipal pela Erradicação do Analfabetismo em Campinas, com saída às 9h do Portão I da Lagoa do Taquaral.

Palestrantes

Palestrantes


Carlos Eduardo Ferrari

Administrador de empresas, pós-graduado em marketing pela Fundação Cásper Líbero e mestre em administração pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Ex-presidente do Conselho Nacional de Assistência Social, atualmente atua como Professor, conteudista e consultor para assuntos relacionados à gestão, implementação e controle social no âmbito da Política Pública de Assistência Social (SUAS) e inclusão da pessoa com deficiência.

Alessandra Ribeiro

Historiadora e Doutora em Urbanismo pela PUC-Campinas, tendo estudos voltados para a área de Matriz Africana: territórios, memória e representação. É gestora cultural da Casa de Cultura Fazenda Roseira, Mestre da Comunidade Jongo Dito Ribeiro, Mãe de Santo Umbandista no Centro de Estudos de Matriz Africana - CEMA e consultora especializada em estudos de gestão cultural de matriz africana e patrimônio cultural imaterial. Já participou de diversas palestras, debates e mesas de discussões no Brasil e em países Africanos nas universidades de Moçambique e África do Sul. É do Conselho da Comunidade Negra e faz parte da comissão de avaliação em editais voltados para Cultura Negra.

Ana Carla Fonseca

Uma das maiores referências em economia criativa, cidades criativas, negócio e desenvolvimento, e Doutora em Urbanismo pela USP e diretora da Garimpo de Soluções, escreveu vários livros pioneiros, tendo sido agraciada com o Prêmio Jabuti em Economia (por Economia da Cultura e Desenvolvimento Sustentável - Manole, 2007) e finalista em Urbanismo (com Cidades Criativas - SESI, 2012). É assessora para a ONU, coordenadora técnica do projeto Território Criativo DF e participou da construção do Plano de Economia Criativa do Estado de São Paulo. Venceu o Prêmio Claudia 2013, em Negócios e foi apontada pelo El País como uma das oito personalidades brasileiras que impressionam o mundo. É professora convidada da FGV/EAESP e de universidades na Argentina e na Espanha.

Arun Gandhi

Arun Gandhi nasceu em 1934 e é o quinto neto de Mohandas K. Gandhi. Ele foi jornalista do Times of India por mais de trinta anos e também escreveu para The Washington Post. É autor de Legacy of Love (Legado do Amor), Grandfather Gandhi (Avô Gandhi), entre outros. Atualmente, Arun é presidente do Gandhi Worldwide Education Institute (Instituto Mundial de Educação Gandhi) e viaja ao redor do mundo difundindo sua mensagem de paz e não violência. Ele mora em Rochester, Nova York.

Dimitri Nascimento Sales

Doutor em Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Membro da Comissão de Direitos Humanos, Comissão de Diversidade Sexual e Combate à Homofobia e Comissão de Direito Constitucional da Ordem dos Advogados do Brasil.

Feizi Masrour Milani

Professor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no Programa de Integração Academia – Serviço – Comunidade, em Salvador, bem como da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. É autor do livro “Tá combinado! Construindo um pacto de convivência na escola”, organizador e co-autor de “Cultura de paz: Estratégias, mapas e bússolas”, e co-autor de outros treze livros (dois no exterior).

Irene Quintáns

Arquiteta urbanista, fundadora e diretora da Rede OCARA, consultora de projetos urbanos e especialista no tema cidade e infância, Irene propõe uma conversa sobre o papel das cidades na conexão das crianças com a natureza a partir de sua experiência profissional e projetos sobre cidade, arte, arquitetura, mobilidade urbana e espaço público.

Kabengele Munanga

Doutor em Ciências Sociais (Antropologia Social) pela Universidade de São Paulo (1977), Livre Docente e da Universidade de São Paulo. Conselheiro e ex-Diretor do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE-USP) e do Centro de Estudos Africanos da USP.

Lázaro Ramos

Nascido em Salvador, Luís Lázaro Sacramento Ramos começou a estudar teatro na escola. Aos 15 anos entrou para o Bando de Teatro Olodum, formado por atores negros.
Nos primeiros anos como ator, Lázaro fez uma série de peças com o Bando, como “Ó Paí Ó” (1993), “Zumbi” (1995) e “Cabaré da Raça” (1998). Depois disso, são 20 anos de centenas de trabalhos elogiadíssimos no teatro, na televisão – novelas, programas e minisséries, no cinema – como ator e diretor, e na literatura. São centenas de trabalhos e quase uma centena de prêmios e indicações nas mais diferentes categorias.
E quando não está atuando, dirigindo ou escrevendo, Lázaro também tem uma performance admirável. Ele é embaixador da Unicef para as crianças brasileiras e um dos criadores do projeto social “Ler é Poder”, de estímulo à leitura, em Salvador.
Recentemente, lançou o livro “Na Minha Pele” e, no teatro, está em cartaz, dirigindo e encenando a peça “O Topo da Montanha”, espetáculo que imagina as últimas horas do grande líder pacifista e dos direitos civis do negros norte-americanos, Martin Luther King Jr.

Luci Chrispim Pinho Micaela

Pesquisadora, Pedagoga, Mestre em Administração/UNISAL, Especialista em História e Cultura Afro-brasileira pelo Centro de Estudos Afro-Brasileiro Candido Mendes/RJ, autora de obras sobre africanidades, educação, promoção da igualdade racial, feminismo, Luci é professora no curso de Pedagógia da UNISAL, coordenando a Pós-graduação em Educação da UNISAL-Campus Liceu, assim como o Núcleo de Educação das Relações Étnico-Raciais, Culturais e Indígena da mesma Universidade. Em 2016 e 2017 organizou, respectivamente, os livros “Antes Escrava, Depois Doméstica, Ainda Doméstica” e "Africanidades, Afrodescendências e Educação: Fundamentos, Experiências e Lições para o Porvir – Ed CRV 2017".

Luiz Gabriel Tiago

Autor do Projeto Pontinho de Luz, uma empresa social que está transformando vidas no Brasil e em países da América do Sul e da Europa. Indicado ao Prêmio Nobel da Paz de 2018.

Maria Rebeca Otero Gomes

Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade de Brasília (2001), atuou por 11 anos no Ministério da Saúde, sendo 05 anos na unidade de Epidemiologia do Programa Nacional de DST e Aids. Trabalhou como Oficial de Programas de Educação Preventiva em HIV/Aids da Organização das Nações Unidas para Educação Ciência e Cultura - UNESCO por 11 anos. Desde 2012 é Coordenadora do Setor de Educação da UNESCO no Brasil onde atua em projetos, programas e atividades de Educação nos quais a UNESCO oferece cooperação técnica.

Matheus Cardoso

Engenheiro Civil, Pós Graduado em negócios sociais, mestre em políticas públicas para habitação, Matheus nasceu no Jardim Pantanal (Zona Leste de São Paulo), quando não passava de aglomerado de barracos na várzea do rio Tietê, vítima de constantes enchentes de águas poluídas. Essa realidade o levou a criar a empresa "Moradigna", um negócio social que transforma e melhora as condições de saúde e moradia nas comunidades de baixa renda, por meio de reformas nos imóveis e regularização dos documentos dos terrenos. Com o intenso trabalho de regularizações e reformas na Vila Pantanal, a realidade atual é muito diferente daquela vivida por ele durante 20 anos.

Rosana Aparecida Baeninger

Com Pós-Doutorado na Universidade da Califórnia, Davis (2014-2015), e atualmente professora associada do Departamento de Demografia do IFCH - Universidade Estadual de Campinas, a Profª Rosana é pesquisadora do Núcleo de Estudos de População - NEPO/UNICAMP, Coordenadora do Observatório das Migrações em São Paulo e responsável pelo GT para implementação da Cátedra Sérgio Vieira de Mello, dedicada à estudos e projetos voltados à imigração e refúgio.

Sidney Aguilar Filho

Historiador, Doutor em Filosofia e História da Educação pela Universidade Estadual de Campinas, Pós-Doutor em História da Educação pela Universidade Estadual Paulista. Sidney é autor, entre outros trabalhos, da tese “Educação, Autoritarismo e Eugenia: exploração do trabalho e violência à infância desamparada no Brasil (1930-45)” e do premiado Documentário “Menino 23”.

Rodrigo Mindlin Loeb

Paulistano, Arquiteto e Urbanista, desenvolve atividade acadêmica como Professor de Projeto de Arquitetura e na Especialização em Arquitetura e Meio Ambiente, tendo lecionado na Faculdade de Belas Artes de São Paulo, no Instituto Presbiteriano Mackenzie e na Escola da Cidade.
Rodrigo dirige o Instituto Brasiliana desde 2010, o qual atua promovendo a pesquisa e a prática de difusão da cultura brasileira nos eixos da Cidade e Primeira Infância, Campo Museal e Literatura e Infância.

Silvana Nader

Formada em Relações Públicas pela ECA/USP, Pós-Graduada em Marketing pela FGV , MBA em Gestão e Empreendedorismo Social pela FIA/USP. Especialização em Sustentabilidade e Responsabilidade Social pelo Instituto de Economia da Unicamp e em Educação pelo Grupo Ibmec. Mestre em Psicologia pela PUC-Campinas com a pesquisa “Criatividade e Empreendedorismo Social”.

Sthefanie Ribeiro

Arquiteta, escritora e feminista negra, acredita que o papel fundamental do ativismo negro interseccional e temas adjacentes à experiência da mulher negra no mundo se dá através da arte, política e cultura. Já teve textos seus postados em diversos portais entre eles o Huffington Post. É colunista da Revista Marie Claire onde em sua coluna aborda questões de gênero e raça, e em 2015, recebeu da Assembléia Legislativa de São Paulo a Medalha Theodosina Ribeiro, que homenageou seu ativismo em prol das mulheres negras.

Thiago Vinícius

Produtor cultural e fomentador de cooperativas populares ligadas à inovação social em consumo e nutrição, economia solidária, cultura periférica, finanças sociais e start-ups. Coordenou projetos de educação ambiental e coleta seletiva. Faz parte da Agência Solano Trindade.

Sandro Tonso

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (1986), mestrado em Geociências pela Universidade Estadual de Campinas (1994) e doutorado em Geociências pela Universidade Estadual de Campinas (2000). Atualmente é professor pleno da Faculdade de Tecnologia (ex-CESET) da Universidade Estadual de Campinas, atuando em pesquisa, ensino e extensão na área da Educação Ambiental, Ambientalização no Ensino Superior, Trabalhos Comunitários, Coletivos Educadores, Formação de Educadores Ambientais em parceria com variadas instituições governamentais, não-governamentais e comunidades da sociedade em geral.

Aderbal Ashogun Moreira

Baiano nascido no terreiro do Alaketu, Sacerdote Ashogun do Candomblé, Filho de Mãe Beata de Yemanjá, mestre popular, músico, gestor ambiental, articulador cultural, consultor do Ibama para Práticas Religiosas em Unidade de Conservação e coordenador da Orno Aro Companhia Cultural. Coordena oficinas internacionais de cultura afro-brasileira. Produziu e tocou no CD Cantigas de Candomblé (2000), cantando 57 cantigas na língua yorubá, a fim de preservá-las.

Programação

Programação dia 24

Estação Cultura


  • 9h

    Tradições de fé: cultivando e promovendo a Cultura de Paz

    Aliança Cristã Evangélica 

    Brahma Kumaris

    Católica

    Centro Islâmico de Campinas

    CIT  Colégio  Internacional dos Terapeutas

    Espírita

    Fé Bahá´í 

    FTL Fraternidade Teológica Latino Americana

    Hinduísta

    MEP Movimento Evangélico Progressista 

    Sociedade Israelita Brasileira Beth Jacob de Campinas 

    Protestantes Reformados

    Sociedade Judaica de Campinas

    Tradições de Matriz Africana

    Tradições Budistas

    UNIPAZ   Universidade Internacional da Paz

    URI  Iniciativa das Religiões Unidas

    Xamanismo

  • 10h30

    Democracia e cidadania: direitos humanos e cultura de paz

    Sidney Aguilar

    Dimitri Sales

    Sthefanie Ribeiro

    Carlos Eduardo Ferrari

    Moderação: Alessandra Ribeiro

  • 12h

    Desenvolvimento Sustentável e Paz: construindo caminhos

    Aderbal Ashogun Moreira

    Sandro Tonso

  • 13h

    A luta contra o racismo no Brasil: com racismo não há paz

    Kabengele Munanga

    Moderação: Luci Chrispim Pinho Micaela

  • 14h

    Diálogos de Cidadania

    (Rodas de Conversa, com temas sobre Cultura de Paz e Direitos Humanos, que compõe a programação do Fórum e ocorrerão simultaneamente, em salas da Estação Cultura)

    Sala 1 - Construindo Pontes: Imigrantes, Refugiados em busca da Paz  Coordenação: Rosana Aparecida Baeninger

    Sala 2 - Economia de Comunhão

    Coordenação: Margarida J. Iazzetti Santos e Luiz Carlos Moraes Santos

    Economia de Comunhão (EdC) é uma proposta que nasceu no Brasil, com o objetivo de colaborar com a redução da pobreza, através da organização de iniciativas econômicas inseridas dentro de um movimento cultural mais amplo, composto por pessoas e instituições que objetivam, dos mais diversos modos, individual e coletivamente, construir a fraternidade nos dias de hoje. A EdC se concretiza por meio de empresas e empresários que procuram adotar a cultura da fraternidade em suas práticas cotidianas, criando novas possibilidades de governança e relacionamentos profissionais e pessoais, humanizando as práticas de mercado.

    Sala 3 - Anistia Internacional e a Luta pelos Direitos Humanos

    Coordenação: Grupo de Ativismo São Paulo da Anistia Internacional

  • 14h30

    Cultura de Paz e a 1ª Infância: a criança no espaço urbano

    Irene Quintáns

    Rodrigo Mindlin Loeb

    Moderação: Janete Aparecida Giorgetti Valente

  • 15h30

    Economia Sustentável e Desenvolvimento Social: caminhos para a construção da Paz

    Thiago Vinícius

    Luiz Gabriel Tiago

    Matheus Cardoso

  • 16h30

    Homenagem às organizações e lideranças que contribuem para a construção da Paz em Campinas

  • 17h

    Talk Show

    Arun Gandhi e Lázaro Ramos

Programação dia 25

Parque Portugal (Lagoa do Taquaral)


  • 9h
    II Caminhada pela Erradicação do Analfabetismo em Campinas - Portão 1 (Caravela)


Inscrição

Inscrição


CURSO - EGDS : FÓRUM CAMPINAS PELA PAZ

MODALIDADE: Presencial

OBJETIVO
Promover um movimento de mudança , gerando um caminho para o estabelecimento de uma cultura de paz em nossa cidade.

INSTRUTOR/ES
ARUN GANDHI - Nasceu em 1934 e é o quinto neto de Mohandas K. Gandhi; jornalista do Times of India por mais de trinta anos. Autor de várias obras. Atualmente, Arun é presidente do Gandhi Worldwide Education Institute e viaja ao redor do mundo difundindo sua mensagem de paz e não violência. Mora em Rochester, Nova York.

LÁZARO RAMOS - ator, apresentador, cineasta e escritor de literatura infantil brasileiro. O ator foi indicado ao Emmy de melhor ator por sua interpretação na novela Cobras & Lagartos.

CONTEÚDO
- Tradições de fé: cultivando e promovendo a Cultura de Paz (Encontro de organizações compromissadas com construção da Paz)- Sustentabilidade Social: uma cultura em gestação
- Democracia e cidadania: direitos humanos e a cultura de paz
- A luta contra o racismo no Brasil: com racismo não há paz
- Construindo Pontes: Imigrantes, Refugiados em busca da Paz
- Direitos das Pessoas com Deficiência: Visibilidade e Integração Social
- Economia de Comunhão e a Cultura de Paz

PÚBLICO ALVO
A todos interessados

CARGA HORÁRIA
12h

LOCAL
Estação Cultura

INSCRIÇÕES ABERTAS

TURMA:  1 - 24/02/2018

 INÍCIO: 24/02/2018        

FIM:   24/02/2018

HORÁRIO:  09:00 as 21:00

Inscreva-se

Realização


Realização