Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Prefeitura abre propostas da concessão de pontos de ônibus na cidade


11/04/2018 - 17:04




A Secretaria de Administração de Campinas realizou na manhã desta quarta-feira, dia 11 de abril, a abertura dos envelopes com as propostas de empresas interessadas na concessão à iniciativa privada de 900 pontos de ônibus da região central e de corredores do transporte púbico de Campinas. O maior lance, de R$ 2,5 milhões, terá proposta analisada. A empresa vencedora será responsável pela implantação e manutenção do mobiliário urbano nos pontos de parada de ônibus, tendo exclusividade para explorar o espaço publicitariamente. Após o julgamento pela comissão de licitação, será publicado o resultado final da proposta comercial.
 
 
Se não houver recursos, a previsão é assinar o contrato ainda em abril, segundo o secretário municipal de Transportes, Carlos José Barreiro, que preside a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), responsável pela gestão dos pontos de ônibus. “A licitação da concessão dos abrigos de ônibus teve um ótimo resultado”, comemorou Barreiro. “Conseguiu uma proposta de cinco vezes o valor da outorga mínima prevista no edital, o que confirma a confiança na Administração Municipal e o interesse da empresa no negócio”, avaliou o secretário.
 
 
Três empresas apresentaram lances: R$ 2,5 milhões, R$ 2,35 milhões e R$ 1,532 milhão. A empresa Verssat, fabricante de mobiliário urbano, deu o maior lance. Agora, a proposta passará por análise e julgamento da comissão de licitação, conforme edital. A empresa vencedora terá até 36 meses, após a assinatura do contrato, para terminar as instalações das paradas de ônibus. O secretário Barreiro acredita que esse prazo será menor, pelo interesse da antecipação da receita publicitária gerada.
 
 
Obras
 
A concessão prevê a construção e manutenção de 900 pontos de ônibus localizados na região central e nos principais corredores do transporte público de Campinas. Durante o período de implantação das paradas, os investimentos previstos no edital de concessão são R$ 27,3 milhões.
 
 
Os pontos deverão ser cobertos, com assentos individuais e espaço para cadeirantes, com modelo similar aos que já foram instalados na reestruturação da Avenida Francisco Glicério. O prazo do contrato de concessão é de 20 anos, podendo ser prorrogado por mais 10 anos. O resultado final da Proposta Comercial deverá ser publicada no Diário Oficial do Município na próxima semana.

Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Arquivo

Foto: Vencedora será responsável pela manutenção dos pontos de ônibus | Crédito: Arquivo

Vencedora será responsável pela manutenção dos pontos de ônibus