Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Gestores de Campinas participam, em SP, de oficina do Plano Juventude Viva


08/02/2018 - 19:00




 

 

 

A Coordenadoria de Políticas para a Juventude de Campinas participou nestas quarta e quinta, dias 7 e 8 de fevereiro, da oficina de avaliação e reestruturação do Plano Juventude Viva (PJV), em São Paulo. Organizado pela Coordenação Geral de Políticas Transversais da Secretaria Nacional de Juventude, o evento teve como objetivo estabelecer um diálogo entre gestores municipais e estaduais, movimentos sociais/sociedade civil e governo federal, com o propósito de avaliar a implementação do PJV nos territórios

 

 

Campinas foi representada pelo coordenador de Políticas para a Juventude, Felipe Gonçalves. Ele contou que “o evento teve a presença de gestores de São Paulo, Campinas, Guarulhos e Osasco, cidades paulistas prioritárias para o plano. A sociedade civil também esteve representada por integrantes de movimentos sociais da juventude”.

 

 

O PJV poderá ser implementado em Campinas por meio do programa Estação Juventude, do governo federal. O programa oferece diversos serviços para a inclusão e emancipação dos jovens e, dentro desta iniciativa, Campinas já possui um projeto com financiamento pré-aprovado. “A previsão é que Campinas receba cerca de R$ 300 mil para implementar um espaço para os jovens no município, por meio de convênio com o governo federal.”

 

 

Com o fim de promover ações de prevenção para reduzir a vulnerabilidade de jovens negros frente à violência, por sua vez, o PJV destinará recursos para todo o Brasil, ainda nesse primeiro semestre. O valor será de aproximadamente de R$ 26 milhões para municípios de todas as regiões do País.

 

 

Realizado junto à Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), parceira do plano, o evento foi conduzido pelo consultor Igo Gabriel Santos Ribeiro, da SNJ/Unesco. A coordenadora estadual de Políticas para População Negra e Indígena do Estado, Elisa Lucas Rodrigues, e o coordenador de Promoção da Igualdade Racial de Campinas, Sérgio Max Almeida Prado, também participaram do evento.

 

 

PJV

 

 

O Plano Juventude Viva tem o intuito de implementar políticas de prevenção e enfrentamento à violência contra a juventude negra. Conforme os dados do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência – IVJ/2017 e do Atlas da Violência (2017), das quase 60 mil mortes provocadas por homicídios em 2015, mais da metade eram jovens (54%) e 71% deste número abrangia jovens negros e negras, sendo 92% do sexo masculino.

 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Divulgação

Foto: Poder público e sociedade debatem problemas e soluções para os jovens | Crédito: Divulgação

Poder público e sociedade debatem problemas e soluções para os jovens

Crédito: Divulgação

Foto: Equipe que participou das discussões no dia 8 de fevereiro | Crédito: Divulgação

Equipe que participou das discussões no dia 8 de fevereiro