Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Sehab identifica nova venda irregular de terrenos em Campinas


06/12/2017 - 13:40




 

A Coordenadoria Especial de Habitação Popular (Cehap), ligada à Secretaria Municipal de Habitação (Sehab), identificou e notificou diversas pessoas que estavam construindo moradias em terreno público, especificamente em uma área verde no Jardim Itaguaçú II, região Sul do município, nesta terça-feira, 5 de dezembro.

 

Nesta manhã, com apoio da Guarda Municipal, os técnicos da Cehap voltaram ao local e avisaram novamente os ocupantes de que eles não podem construir e nem permanecer no local.

 

Em setembro passado uma ação semelhante, inclusive com demolições de algumas construções, já havia acontecido no mesmo terreno de aproximadamente 30 mil metros quadrados porque uma imobiliária estava promovendo o parcelamento irregular e comercializando solo público. Os proprietários da imobiliária chegaram a ser encaminhados à 2ª Delegacia Seccional de Campinas, mas não houve flagrante e a prática ilegal continuou.

 

O parcelamento irregular estaria sendo feito pelo próprio presidente da associação de moradores, Luís Carlos dos Santos e por dois outros supostos loteadores, Rafael da Silva Costa Barbosa e Vagner Teixeira da Silva, sócios da Rafael Consultoria de Imóveis, onde inclusive os contratos falsos estariam sendo assinados.

 

Benedito Faustino é pedreiro e foi contratado para realizar serviços na área.

Eu trabalho pra algumas pessoas aqui porque o dono da imobiliária disse que não era pra interromper as obras. Ele disse que a imobiliária tem muito dinheiro e que, se a prefeitura embargasse a obra, eles dariam outro terreno em troca”, afirmou.

 

O açougueiro Walison Martins Almeida, que estava trabalhando no alicerce, levou um grande susto quando os técnicos da Cehap chegaram. “A imobiliária disse que era dona do terreno, mas na verdade eu não chequei isso na prefeitura. Comprei este terreno por R$ 22 mil e já dei R$ 4,4 mil, fora uns R$ 2 mil que gastei com material de construção”, afirmou.

 

O diretor da Cehap, Edison Cunha, renovou o alerta à população. “Há um grupo que fiscaliza a cidade 24 horas por dia e monitoramos umas 20 áreas com este mesmo tipo de problema, mas toda hora tem gente abusando da fé pública. Nós sempre orientamos as pessoas para que, antes de comprar qualquer propriedade, procure a Sehab ou a Companhia de Habitação Popular de Campinas (Cohab-Campinas). E que, se souber de alguma fraude, registre um boletim de ocorrência junto à Polícia e procure também a Defensoria Pública. Estamos tendo apoio, inclusive, do Ministério Público nessas ações”, disse.

 

O endereço da Sehab é Rua São Carlos, número 677, Parque Itália, ao lado do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti. O telefone para mais informações é (19) 3119-9613.

 

 

 

 

 

 

 

 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução