Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Prefeitura e Sindicato fecham acordo e greve é encerrada


06/09/2017 - 18:42




Representantes da Prefeitura e do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Campinas fecharam nesta quarta-feira, 6 de setembro, acordo que encerra a greve dos servidores municipais.

 

O Governo propôs 3,26% de reajuste para os ativos, aposentados e pensionistas. O índice será pago em três parcelas: janeiro de 2018, janeiro de 2019 e janeiro de 2020. O valor corresponde aos índice acumulado dos 12 meses, de maio de 2016 a abril de 2017, pelo ICV (Índice do Custo de Vida), calculado pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

 

Em razão do momento de grave crise econômica e de queda na arrecadação, o prefeito Jonas Donizette determinou que o reajuste não será aplicado aos vencimentos do próprio prefeito, do vice-prefeito, dos secretários municipais e dos demais comissionados.

 

O auxílio-alimentação também terá reajuste de 3,26%, aplicado em uma única parcela, em janeiro de 2018, passando para R$ 889,60 para cada servidor da ativa. O mesmo reajuste será dado ao vale nutricional pago a aposentados e pensionistas que ganham até três pisos salariais. O valor vai para R$ 135,80.

 

Ainda durante a reunião, ficou acordado que os dias parados (oito no total) serão repostos de acordo com calendário definido por cada secretaria e não haverá desconto. O mesmo vale para a paralisação do dia 28 de abril.

 

O secretário de Relações Institucionais, Wanderley de Almeida, ressaltou que a proposta reflete um grande esforço do governo neste momento de crise e queda de arrecadação. “A nossa proposta é fruto do trabalho que temos feito para a redução de despesas e também para o aumento da arrecadação”, afirmou. “Para este ano, nossa prioridade continua sendo o pagamento dos salários e do 13º”, completou.