Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Campinas inicia Campanha de Multivacinação nesta segunda-feira


06/09/2017 - 18:26




 

 

A Secretaria de Saúde de Campinas promove, entre os dias 11 e 22 de setembro, a Campanha de Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinas de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade. Todos os campineiros nesta faixa etária devem ser levados aos Centros de Saúde (CSs) para conferir sua situação vacinal e atualizar o documento, se necessário.

 

 

O público-alvo no município para essa ação é de aproximadamente 230 mil pessoas. A estratégia terá o dia “D” no sábado, 16 de setembro, quando os CSs vão funcionar das 8h às 17h exclusivamente para vacinar a população.

 

 

A multivacinação é uma estratégia do Ministério da Saúde, executada por meio da Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), em parceria com Estados e municípios. O objetivo é atualizar a carteira de vacinas das crianças e dos adolescentes, ampliando a cobertura vacinal.

 

 

O objetivo principal é atingir a população não vacinada ou com esquemas de vacinação incompletos, para melhorar as coberturas vacinais e assim manter controladas, eliminadas ou erradicadas as doenças preveníveis por vacina no Brasil”, afirma a enfermeira Gláucia Margoto, coordenadora do Programa de Imunização de Campinas.

 

 

Calendário

 

 

Com a evolução do Calendário Nacional de Vacinação nos últimos anos, foram incluídas doses de reforço e novas vacinas para a faixa etária até os 15 anos. Entre as novidades está a ampliação da faixa etária da vacina contra o HPV, para as meninas de nove anos e menores de 15 anos e meninos entre 11 anos e menores de 15 anos; e a vacina contra a doença meningocócica, para ambos os sexos entre 12 a 13 anos de idade.

 

 

As recomendações dos esquemas vacinais são elaboradas a partir de estudos que demonstram como uma vacina pode proporcionar o máximo de eficácia e proteção contra as doenças imunopreveníveis.

 

 

Para cada vacina é estabelecido o número de doses, a idade mínima e máxima para receber cada dose, os intervalos ideais entre as doses, as faixas etárias alvo da vacinação. Também são levadas em conta as questões logísticas e operacionais para a realização da vacinação nos programas nacionais de imunizações de cada país.

 

 

A Secretaria de Saúde reforça que é fundamental que toda a população alvo compareça aos Centros de Saúde levando a caderneta de vacinação, para que os profissionais possam avaliar se há alguma dose que ainda não foi administrada. Informações podem ser obtidas no telefone 156.


 


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Arquivo PMC

Foto: Saúde reforça importância de colocar a vacinação em dia | Crédito: Arquivo PMC

Saúde reforça importância de colocar a vacinação em dia