Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Propostas da Parada do Orgulho LGBT 2017 são apresentadas para prefeitura


20/04/2017 - 17:55




 

 

A Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, além de vários outros setores dos governos municipal e estadual, se reuniram nesta quinta-feira, 20 de abril, para ouvir as propostas para a 17ª Parada do Orgulho LGBT de Campinas e o Mês da Diversidade. A apresentação foi feita pela Associação da Parada e Apoio LGBT de Campinas, que prepara o evento marcado para 25 de junho.

 

 

Referenciada na Lei nº 10.182/99, que instituiu o dia 28 de Junho como Dia Municipal do Orgulho Homossexual de Campinas, a Parada do Orgulho LGBT é organizada pela Associação da Parada e Apoio LGBT da cidade. Segundo a secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania, Eliane Jocelaine Pereira, a prefeitura oferece apoio institucional à Parada e demais atividades do Mês da Diversidade, sendo a reunião de hoje parte desse apoio.

 

 

Para Eliane, a Parada do Orgulho Gay é uma importante política autoafirmativa para a cidade: “é um evento que visa a sensibilização e mobilização da sociedade para o respeito e a não violência contra a população LGBT”, declarou.

 

 

A Parada

 

 

Nem Menos nem Mais, Direitos Iguais” será o slogan da Parada deste ano. No palco e nas ruas, o tema abordado versará sobre a união de todos para vencer a LGBTfobia. E na reunião desta quinta já foram apresentados pontos como o início da programação do Mês da Diversidade, no domingo, 4 de junho, e a Parada, que acontecerá no dia 25 de junho, também um domingo.

 

 

De acordo com Douglas Holanda, presidente da Associação da Parada e Apoio LGBT, a reunião foi amistosa e mostrou que tanto a Associação quanto a Prefeitura e demais órgãos públicos estão buscando um trabalho em parceria. “Temos grandes parceiros dentro da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Cidadania e estamos felizes com as tratativas. Esse será um grande ano para a Parada do Orgulho LGBT e teremos uma verdadeira caminhada, como já tivemos em anos anteriores”, afirmou.

 

 

No dia 25 de junho, segundo Holanda, a concentração será das 13h às 14h no Largo do Pará. De lá, inicia-se o percurso em direção à Avenida Francisco Glicério, pista interna da Moraes Sales, pista interna da Rua Irmã Serafina e Avenida Anchieta, rua Benjamin Constant e retorno à Glicério. A Parada termina no Largo do Rosário, onde serão realizadas as apresentações da noite, com início previsto para 18h e término às 21h45.

 

 

Para o sucesso do evento, a Associação da Parada e Apoio LGBT de Campinas também discutiu questões relacionadas ao controle de público nas vias centrais bloqueadas pela Emdec, alocação de sanitários químicos e limpeza das ruas no pós evento.

 

 

Da reunião desta quinta-feira participaram a Coordenadoria do Centro de Referência LGBT (SMPDC); Secretarias Municipais de Cultura, Saúde, Desenvolvimento Econômico, Planejamento e Segurança Pública, além da Emdec e Setec. Membros do 7º Grupamento do Corpo de Bombeiros e 8º Batalhão da Polícia Militar também estiveram presentes.


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Divulgação

Foto: Secretária Eliane Jocelaine, em pé, falou sobre a importância da Parada | Crédito: Divulgação

Secretária Eliane Jocelaine, em pé, falou sobre a importância da Parada

Crédito: Divulgação

Foto: Fábio Custódio, dirietor do Depto. de Cidadania, mostrou detalhes dos preparativos | Crédito: Divulgação

Fábio Custódio, dirietor do Depto. de Cidadania, mostrou detalhes dos preparativos