Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Servidores participam de curso sobre implantação do Lean na Administração


16/03/2017 - 18:16




 

 

Quarenta e sete servidores de diversas áreas da Administração municipal iniciaram nesta quinta-feira, 16 de março, o curso “Transformação Lean na Administração Pública”. A capacitação está sendo promovida pela Escola de Governo e Desenvolvimento do Servidor (EGDS), órgão ligado à Secretaria de Recursos Humanos.

 

 

A metodologia Lean é um conjunto de práticas que visam melhorar os processos com foco na redução de desperdício e na solução de problemas, além de agregar valor ao cliente ou cidadão.

 

 

Esta é a segunda turma de Lean promovida pela EGDS. Segundo a coordenadora da Escola, Marisa Córdoba, o resultado do primeiro grupo superou as expectativas e ampliou o projeto. “Os trabalhos apresentados pela primeira turma foram além do esperado. O grupo entendeu o sentido do curso e desenvolveu trabalhos, alguns implantados nas respectivas áreas, que nos surpreenderam. Esperamos que esta turma tenha o mesmo desempenho”, afirmou.

 

 

Para se inscrever, os servidores tiveram que encaminhar um projeto, com um processo do seu dia a dia que apresente problemas (excesso de burocracia/assinaturas, demora no atendimento ao cidadão, excesso de papel etc). Durante a capacitação, Sivaldo Donizetti Teodoro, que é gerente Lean da Ima, vai detalhar ferramentas para a solução dos problemas/processos apresentados.

 

 

De acordo com os organizadores, o objetivo do curso é apresentar os conceitos e ferramentas da metodologia Lean e capacitar os participantes para que efetuem a aplicação prática da metodologia em processos atuais da administração pública.

 

 

Os participantes, no início da aula, apresentaram exemplos de problemas do dia a dia e as expectativas com o curso. A maioria dos presentes relacionou como dificuldades a serem trabalhadas a burocracia, o excesso de etapas em processos, a rotina, o retrabalho, a falta de interação entre as áreas e a resistência das pessoas à mudança.

 

 

Com relação às expectativas, os servidores esperam melhorar os processos das áreas, pensar de forma mais enxuta e fazer o trabalho fluir melhor, priorizando as atividades que agregam valor ao trabalho e aos processos.

 

 

Ainda segundo Marisa, a capacitação é um chamado para os servidores que querem fazer a diferença no dia a dia do trabalho. “Aqueles que estão incomodados com os processos, a burocracia e até mesmo o retrabalho, têm a oportunidade de melhorar a dinâmica apontando quais são os principais problemas e como eles podem ser solucionados para melhorar o fluxo de trabalho”, afirmou.

 

 

As aulas acontecerão em quatro encontros, sendo o último para a apresentação dos trabalhos de conclusão de curso. A capacitação terá carga horária total de 28 horas e, para ter direito ao certificado, é preciso ter 100% de presença.


Clique aqui para acessar as imagens desta matéria em alta resolução

Crédito: Fernanda Sunega

Foto: Participantes identificam pontos a serem aprimorados no trabalho | Crédito: Fernanda Sunega

Participantes identificam pontos a serem aprimorados no trabalho