Logotipo da Prefeitura Municipal de Campinas
 

Notícias

Tolerância Zero: moradores de rua são recambiados para Americana


08/04/2010 - 18:13




Regina Rocha Pitta

 

Em mais uma ação da Tolerância Zero, sete moradores de rua -três mulheres e quatro homens- foram abordados pela Guarda Municipal de Campinas nesta quinta-feira, dia 8 de abril, nas proximidades do Terminal Rodoviário Ramos de Azevedo, depois de terem desembarcado vindos de Americana.

 

A GM, seguindo a diretriz do Tolerância Zero, encaminhou as pessoas para o 1º Distrito Policial para o registro do Boletim de Ocorrência.

 

Segundo a coordenadora setorial de Proteção Social Especial de Alta Complexidade – População Adulta em Situação de Rua, Cátia da Silva, essas pessoas serão recambiadas com referenciamento para Americana, ainda nesta quinta-feira. “Vamos oferecer um lanche e reencaminhá-las para a cidade de origem antes do horário de fechamento do albergue de lá”.

 

A secretária de Cidadania, Assistência e Inclusão Social, Darci da Silva, salientou que as pessoas serão conduzidas com veículos da Prefeitura de Campinas e não com passes.

 

Cátia disse que os moradores de rua contaram que haviam dormido dois noites em Americana. De acordo com os próprios moradores, que se identificaram como artesãos (fazem reciclam latinhas de refrigerante e cerveja para vender), eles foram encaminhados pela GM de Americana ao albergue daquele município para tomar banho e se alimentarem, e depois receberam passagens para Campinas. Um dos moradores em situação de rua disse que a finalidade deles era ir para o Rio de Janeiro.

 

O representante do Comitê Gestor de Fiscalização Integrada (Cofisc), Rodrigo Coelho, e o delegado do 1º DP, Heriberto Piva, informaram que vão oficiar ao Ministério Público. Segundo o delegado, “a princípio não existe nenhuma figura criminosa, mas vamos solicitar a apuração da posição da Assistência Social e da Guarda Municipal de Americana”.

 

De acordo a Secretaria Municipal de Assistência Social de Americana informou o ocorrido foi um engano ao encaminharem as pessoas para Campinas.

 

Para o secretário municipal de Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública, Almirante Pedro Álvares Cabral, esta ocorrência denota que a Guarda Municipal está sempre atenta e tomando todas as providências necessárias para detectar e resolver os mais diversos tipos de problemas que acontecem na cidade de Campinas, procurando, com isso, proporcionar uma maior sensação de segurança à população.

 

Barueri

 

Outro recâmbio também estava sendo realizado nesta quinta-feira, segundo a secretária Darci da Silva. “Uma mulher com transtornos mentais, que estava sendo procurada pela filha de 15 anos, foi encontrada em Campinas e nós estamos fazendo o referenciamento dela junto a família, que mora em Barueri. Uma funcionária nossa da Saúde vai acompanhá-la até lá”, explicou a secretária. Neste caso, a pessoa chegou em Campinas por conta própria.

 

Colaboração de Marco Aurélio Sotto

Crédito: Luiz Granzotto

Crédito: Luiz Granzotto